Mixtape 5 – Férias + Torta de frango com catupiry e creme de milho

Ficar de pijama o dia todo, beber mojito no almoço, maratona de “Friends”, tomar  sorvete às 4 da tarde (ou da manhã), cinema na primeira sessão, suspirar no sofá da sala, receitas que precisam de horas, viajar ouvindo um cd antigo, viajar de verdade para um lugar novo, visitar aquele lugar de sempre…

férias…

[gigya src=”http://grooveshark.com/widget.swf” type=”application/x-shockwave-flash” width=”250″ height=”250″ flashvars=”hostname=cowbell.grooveshark.com&playlistID=70135084&bbg=000000&bth=000000&pfg=000000&lfg=000000&bt=FFFFFF&pbg=FFFFFF&pfgh=FFFFFF&si=FFFFFF&lbg=FFFFFF&lfgh=FFFFFF&sb=FFFFFF&bfg=666666&pbgh=666666&lbgh=666666&sbh=666666&p=0″ allowScriptAccess=”always” wmode=”window”]

***

Torta de frango com catupiry e creme de milho
Essa é aquela torta tipo empadão, presença certeira nas festinhas e lanches de quando era criança. É gostosa comida quente, em temperatura ambiente e até direto da geladeira – e ainda é um bom jeito de reaproveitar sobras.

Inspirada aqui.

Rendimento: uma torta pequena de 20cm X 20cm

Ingredientes

Massa

– 250 gramas de farinha de trigo (2 xícaras + 1 e 1/2 colher de chá)
– 125 gramas de manteiga gelada cortada em cubinhos
– 1 ovo
– 1/2 colher de chá de sal
– 1 a 2 colheres de água gelada (se necessário)
– 1 gema para pincelar

Recheio

Frango:
– 350 gramas de frango cozido e desfiado (cerca de 2 xícaras)
– 7 colheres de sopa requeijão Catupiry (ou outro de sua preferência)

Creme de milho:
– 200 gramas de milho
– 1 e 1/2 xícara de leite
– 1/2 cebola picadinha
– 1 colher de sopa de manteiga
– 1 colher de sopa de farinha de trigo
– 2 folhas de louro

Como fazer

1. Misture o frango desfiado com 5 colheres do requeijão. Reserve as outras 2 para a finalização.

2. Para o creme de milho, aqueça o leite com as folhas de louro. Quando ferver, deligue e retire as folhas. Em outra panela, derreta a manteiga e adicione a cebola, mexendo até começar a dourar. Adicione então a farinha e frite um pouco, mexendo sempre. Vá colocando o leite quente aos poucos, sem parar de mexer para não empelotar. Junte o milho e desligue o forno. Use um mixer manual para bater a mistura ou então coloque-a no liquidificador/processador. Quando formar um creme, volte com ela para o fogão e cozinhe em fogo baixo até uma engrossar um pouco, como um mingau ralo. Tempere com sal, noz-moscada e pimenta do reino. Deixe esfriar e prepare a massa enquanto isso.

3. Para a massa, numa tigela, coloque a farinha e a manteiga e vá esfarelando com as pontas dos dedos, até que a mistura fique granulada e úmida, com aparência de uma farofa grossa. Ainda será possível ver pedacinhos de manteiga envoltos na farinha. Adicione o ovo e misture com as mãos até formar uma massa coesa. Se estiver muito seca, adicione uma colher de sopa de água gelada. Trabalhe a massa um pouco, apenas até que seja possível formar uma bola. Se o dia estiver muito quente, deixe-a na geladeira por uns 30 minutos para que fique mais fácil de trabalhar.

4. Pré-aqueça o forno a 200 graus.  Divida a massa em duas partes iguais. Com uma delas, forre o fundo e as laterais de uma assadeira: você pode ir colocando a massa aos poucos e pressionando o fundo e as laterais com os dedos, ou então abrir com um rolo de massas e depois tranferir para a forma.

5. Distribua o frango com catupiry e depois coloque por cima o creme de milho (que a essa altura já deve estar em temperatura ambiente). Distribua o restante do requeijão por cima do creme em pequenos montinhos.

6. Abra com um rolo o outro pedaço da massa e use como tampa, pressionando com os dedos onde as duas massas se encontram para fechar bem a torta. Pincele a gema de ovo por cima e leve ao forno por cerca de 20 minutos, até dourar.

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. Patrícia Bonassa Denari disse:

    Olá vc não coloca nenhum tipo de fermento nessa massa? obrigada

  2. magda disse:

    Pode congelar a torta?

    • marina maria disse:

      Nunca tentei, Magda, mas tenho a intuição que sim! Depois dela montada, acho que dá para congelar e na hora de comer levar ela direto no forno baixo. Ou então congelar ela pronta e aquecer no forno deve dar certo também! Se for tentar me conte. Abraço!

  3. Podia ter me chamado para experimentar =x
    Sou viciado em tortas kkk

  4. Maria disse:

    Adorei inspirar essa torta de coraçõezinhos. 🙂

Comente!