Batom azul, cabelo verde + Blondie de amendoim e pedaços de chocolate

Eu descobri o PS 22 no ano passado, numa apresentação que eles fizeram no Oscar, e desde então virei fã. Esse vídeo é um dos meus favoritos. Além da música e do coral serem lindos, a menina – sua voz, sua personalidade e seu jeito de pensar – é mais ainda.

Quando assisti ela falando no final do vídeo, fiquei pensando em como crianças têm mesmo uma expressão tão natural e espontânea. Tenho provas constrangedoras disso em fotos de quando era pequena. Com roupas estranhas ou bochechas vermelhas de excesso de “pinturinha”. Tem uma que estou vestida de paquita dançando sozinha no meio do pátio da escola. Eu olho essas fotos e tenho vontade de questionar minha mãe, dizendo “como você me deixava sair de casa assim?”, “por que você me deixou fazer isso?” Mas eu sei que ela deixou porque era o que eu queria.  Eu estava achando meu jeito de expressar. E às vezes eu fazia isso com batom azul, oras.

Quando fui monitora de colônia de férias nos Estados Unidos, era comum que as crianças chegassem fantasiadas, ou com cabelos malucos, ou cantando músicas que elas mesmas inventaram. Um dia apareceu um menino  com o cabelo lilás. Ele veio me contar, muito cheio de opinião, que estava achando muito tedioso ter a mesma cor de cabelo todo dia. Que se ele podia mudar sempre de roupa, deveria também mudar de cabelo. Mas a mãe disse que ele só queria se parecer com o Trunks, um personagem do Dragon Ball…

Claro que as crianças pegaram no pé dele. Riram, caçoaram. É difícil essa época de autoafirmação. É preciso coragem para permanecer diferente, para entender que seu jeito não é errado. Coragem que eu não tive, por exemplo, quando aposentei o batom azul depois da segunda vez que usei – era mais fácil do que me impor para as meninas. Quem dera elas fossem como o menino na colônia de férias ou a garoto do vídeo e seu cabelo verde. Como ela diz no vídeo, “se você é como todo mundo, você não é humano”.

***
Blondies de amendoim e pedaços de chocolate
Blondies são um tipo de bolo da mesma família do brownie, onde o açúcar mascavo tem papel principal, deixando-o bem dourado. Essa receita, por usar manteiga de amendoim, tem um sabor intenso e delicioso. A textura do bolo é úmida e “chewy”. O único defeito é que rende pouco e sumiu rápido demais. Da próxima vez irei dobrar as quantidades!

Do livro “Baking – From My Home to Yours”, da Doriam Greenspan

Rendimento: 12 a 15 pedaços

Ingredientes

– 1 xícara de farinha de trigo
– ½ colher de chá de fermento em pó
– ¼ de colher de chá de bicarbonato de sódio
– ¼ de colher de chá de sal
– ½ colher de chá de canela em pó
– ½ xícara de manteiga de amendoim em temperatura ambiente
– 5 colheres de sopa (60 gramas) de manteiga em temperatura ambiente
– ¾ de xícara de açúcar comum
– ¾ de xícara de açúcar mascavo (pressione na xícara para medir)
– 2 ovos grandes
– ½ colher de chá de baunilha
– 1 xícara de amendoins salgados picados (aqueles vendidos em pacotinhos – eu gosto de tirar um pouco do excesso de sal esfregando com as mãos)
– 160 gramas de chocolate meio-amargo picadinho

Como fazer

1. Pré-aqueça o forno a 180 graus. Pegue uma assadeira quadrada de 23 cm (eu usei uma maior e o blondie ficou fininho. Por isso, tente usar uma do tamanho recomendado) e forre com duas folhas de papel alumínio, de modo que se formem alças (veja na foto). Unte o papel. Coloque essa assadeira sobre outra maior e de alças baixas.

2. Peneire e misture juntos a farinha, o fermento, o bicarbonato, o sal e a canela.

3. Na batedeira, bata a manteiga comum e a manteiga de amendoim até que fique bem cremoso. Adicione os dois tipos de açúcar e bata, em velocidade média, por 1 ou 2 minutos, até que esteja tudo incorporado. Adicione os ovos, um de cada vez,  e por fim a baunilha.

4. Com a batedeira no mínimo, acrescente os ingredientes secos aos poucos, batendo apenas até que não haja traços de farinha – a massa não pode ser batida demais. Junte os amendoins e o chocolate e misture bem com uma colher grande ou espátula. A massa estará encorpada e firme.

5. Com ajuda de uma espátula, pressione a massa na forma preparada, espalhando uniformemente. Leve ao forno por cerca de 40 minutos ou até que um palito saia seco ao ser espetado no centro.

6. Espere o bolo esfriar e, com a ajuda das alças de papel alumínio, retire o blondie da assadeira. Vire numa superfície limpa e descole o papel alumínio do fundo. Com ajuda de uma faca afiada, corte o bolo em pedaços – com cuidado, pois ele se parte com facilidade.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. 31 de dezembro de 2012

    […] receita favorita: Essa foi difícil! Depois de muito pensar, fico com o Blondie de Amendoim e Pedaços de Chocolate. É muita coisa boa junta num mesmo […]

  2. 19 de julho de 2013

    […] 2. Blondie de amendoim e pedaços de chocolate […]

Comente!