Muffin de aveia, maçã e mel

Ano passado eu almocei arroz com ovo e jantei misto quente tantas vezes que considerei pendurar em cima do fogão um poster com o ditado “em casa de ferreiro, o espeto é de pau”.

Mesmo gostando de cozinhar, eu era acometida por uma falta grave de planejamento no dia a dia. Parece que gastava toda a minha energia culinária testando as receitas do blog, então um dia na semana eu comia algo muito gostoso e no resto do tempo voltava pra a zona de conforto das comidas improvisadas.

Este ano decidi que vai ser diferente. Vou ser uma cozinheira mais organizada e inteligente. Nas últimas semanas, fui testando alguns formatos pra entender qual era o melhor jeito de me planejar, e descobri o seguinte:

– Preciso pensar em um cardápio semanal. Fazer isso com antecedência deixa as compras mais assertivas e me libera de ter que decidir o que cozinhar todo dia. Sempre fui contra isso de menu da semana porque pensava “e se na terça eu não estiver a fim de comer omelete?” Minha solução foi pensar nas refeições sem determinar um dia pra elas. Assim, posso escolher entre as opções da semana de acordo com minha vontade.

– Prefiro fazer as compras apenas uma vez na semana. Isso de ficar indo todo dia no supermercado estressa e me faz perder tempo. Pra conseguir ir um dia só, preciso ter uma lista que considere tudo o que vou fazer naquela semana, daí a utilidade de se pensar em um cardápio.

– O freezer tem que ser meu amigo. Tinha preconceito com comida congelada, mas percebi que 1) não posso me dar ao luxo de comer comida fresca todo dia e 2) se faço o congelamento direitinho, dá pra preservar totalmente o sabor da comida.

A partir dessas descobertas, desenvolvi uma rotina assim: planejo o cardápio, incluindo as refeições da semana e as receitas do blog. Faço as compras e, ASSIM QUE CHEGO EM CASA, lavo as frutas (e já descasco/pico se for o caso) e as folhas. Se deixo pra depois, acabo enrolando e é capaz do alface estragar sem nem sair do plástico de onde veio. Saber que esses ingredientes estão prontos pra usar também me incentiva a cozinhar com eles. Faço isso tudo geralmente na sexta-feira.

Domingo é meu dia de preparação, de deixar tudo pré-pronto de acordo com o cardápio. Por exemplo: cozinhar e desfiar o frango, fazer o purê de cenoura ou maçã, branquear e congelar o brócolis, refogar o cogumelo, etc. Se faço uma quiche, torta de pão ou clafoutis, deixo alguns pedaços na geladeira e congelo o resto, pra não enjoar comendo a mesma coisa todo dia. Quando estou animada, também preparo um bolo ou biscoito pra ter no café da manhã ou da tarde durante a semana.

Bate uma preguiça de ficar tanto tempo na cozinha em pleno domingão? Bate. Mas eu me agarro ao fato de que essas horas vão me economizar muito tempo e preocupação nos dias seguintes.

Sei que estamos só no primeiro mês de 2016 e a maioria das decisões que tomamos nessa época não se mantém ao longo do ano, mas quero de verdade que essa organização na cozinha vire um hábito. E quero a ajuda de vocês: quem tem dicas de planejamento pra se livrar de vez do arroz com ovo? (Se bem que adoro um arroz com ovo, viu. Ele continua nos meus cardápios rs.)

muffin e maca aveia e mel-2

muffin e maca aveia e melll muffin e maca aveia e mel-4  x

***
Muffin de aveia, maçã e mel

A diferença entre um muffin e um bolinho é que a massa do muffin é mais densa, já que não é batida pra incorporar ar como a do bolo, e é menos doce. Por isso ele é perfeito pra um lanche da tarde ou café da manhã, com um pouco de manteiga quentinha ou geleia. 🙂

Ingredientes

1 xícara de flocos e aveia
1 xícara de farinha de trigo branca (ou ½ de farinha branca e ½ de farinha integral)
1 colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de bicarbonato
½ colher (chá) de canela em pó
4 colheres (sopa) de manteiga derretida e fria (ou óleo de coco)
6 colheres (sopa) de mel
¾ de xícara de leite (pode ser desnatado)
1 ovo grande
2 maçãs médias (fuji ou granny smith)
⅓ de xícara de nozes, amêndoas ou castanhas picadinhas

Como fazer

1. Preaqueça o forno a 200 graus. Unte (ou forre com forminhas de papel próprias pra forno) uma forma de muffins.

2. Em uma tigela grande, misture a aveia, a farinha, o fermento em pó, o bicarbonato e a canela.
Em outra tigela, misture até ficar homogêneo o ovo, a manteiga derretida, o mel e o leite. Rale as maçãs (com casca mesmo) por cima dessa mistura, descartando o miolo.

3. Adicione os ingredientes líquidos aos secos, misturando apenas até a massa ficar homogênea. Por último, junte as castanhas que estiver usando.

4. Divida a massa igualmente entre os 12 espaços da forma de muffins. Leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até que o topo esteja dourado e um palito saia seco ao ser inserido no meio de um dos muffins.

5. Deixe amornar e sirva.

DICA

Os muffins ficam mais gostosos no dia que forem feitos, então, pra comê-los sempre frescos, eu espero esfriar totalmente, embalo cada um em papel filme, guardo todos dentro de um ziplock e congelo. Daí é só tirar do freezer na noite anterior e deixar descongelar na geladeira pra comer no dia seguinte ou descongelar na hora mesmo, colocando no forno por alguns minutos. Também dá pra levar de lanche pra o trabalho: coloque ele congelado mesmo em um saquinho e leve na bolsa. Na hora do café da tarde ele já estará descongelado.

12 Resultados

  1. Silvia Maria Santini de Oliveira disse:

    Posso trocar a maçã por banana?

  2. Laura de Freitas disse:

    Eu fiz! Amei!!
    Ainda congelei metade logo no dia que fiz e fui levando de lanchinho =)

  3. Monica Hering disse:

    Olá Marina! Vai dar super certo sua nova rotina! Estou seguindo um planejamento semanal de refeições a alguns meses, e tem sido ótimo. As compras passaram a ser feitas no sábado pela manhã e o restante do final de semana é bem aproveitado para encaminhar todo e qualquer preparo. Até porque com o calor aqui de São Luís, as frutas e verduras amadurecem e estragam muito rápido. Já estou sentindo que além de economizar bastante, os desperdícios diminuíram bastante! Beijos

  4. Opi disse:

    Marina,
    Também está no meu caderninho, dentre as metas de 2016, a organização do cardápio semanal. Gostei muito das suas ideias e saber que tem mais gente na mesma que eu me deu uma boa animada. O que eu já comecei por aqui que até agora tá dando certo é a salada no pote. No meu caso, uso uns potes de plástico de boca larga mesmo, mas na internet tem umas receitas no pote tipo de azeitona. Por enquanto tá funcionando bem assim: uso uns 4 ingredientes básicos de salada sem molho e no dia a dia eu coloco por cima uma coisa bem simples, tipo mel e mostarda, shoyu ou queijo parmesão. Tem durado aí uns 4 a 5 dias, então, se depois eu ficar os outros 2 dias sem salada, já não fico com tanta culpa.
    Bjs

    • Marina Maria disse:

      Oi Opi! Me conta mais dessa salada no pote! Você já deixa várias montadas para a semana toda? O que usa normalmente? Tem que ter uma ordem os ingredientes pra ela permanecer fresca? Adorei essa ideia rsrs. Beijo!

  5. Claudiane Leônidas disse:

    Marina,
    Posso bater tudo no liquidificador, com exceção das castanhas ? E assar no microondas ? Amei a receita !!! <3 <3 <3

    • Marina Maria disse:

      Claudiane, eu aconselho fazer na mão mesmo porque para o muffin ficar com a textura correta, temos que mexer a massa o mínimo possível. Sobre o micro-ondas, eu não tenho, então não vou poder te ajudar. Um beijo!

  6. Bem vinda a minha rotina! Hahaha
    Pensava exatamente igual, preconceito com freezer, preguiça de montar um menu que nem sempre eu levava a sério, até que cansada de perder grana pedindo uma pizza mequetrefe e deixando alface murchar na geladeira, com um molequinho em jan 2015 tomei a decisão, e hoje posso garantir que foi o melhor que fiz pra gente aqui! Dia que não quero seguir cardápio eu como o arroz com ovo feliz, mas é deixou de ser maioria para ser opção! Uma vez por semana faço compras no hortifruti, supermercado este ano pretendo fazer só uma vez ao mês, chego do hortifruti e higiêniZo e corto tudo o possível, seleta de legumes branqueada e congelada é um super coringa! Vai em mil preparações! As folhas faço saquinhos individuais com papel toalha pra absorver umidade e dá muito certo! Separo um pacotinho pra cada dia é isso é um incentivo para comer todos os dias! Hahaha
    Tenho certeza Q esta nova organização Tbm vai te ajudar com o tempo! Quero ver as ideias aqui no blog! Beijoooos!

    • Marina Maria disse:

      Ariana, se você com filho consegue, então eu preciso conseguir! rsrs. A ideia da seleta e dos saquinhos de folha é ótima! Eu costumo guardar todas as folhas limpas em um pote com papel toalha, mas acho que dividindo em saquinhos deve durar mais. E conseguir uma vez por mês só no supermercado é um sonho, me conta quando conseguir! Um beijo enorme e obrigada pela força!