Manteigas aromatizadas

A casa da tia Sílvia tem sempre chocolate. Essa foi a informação que gravei desde a primeira vez que me lembro de visitá-la, depois de subir uma ladeira que parecia não terminar nunca. Eu entrava pela porta esbaforida, já procurando o pote de vidro em cima do balcão que guardava todo tipo de guloseima.

A cozinha dela parecia mágica, pois mesmo quando aparecíamos sem avisar, de lá saíam bolos, tortas e salgadinhos em um piscar de olhos. A geladeira, eu desconfiava, era a fonte da magia, com suas prateleiras cheias de potes e garrafas misteriosos. Quando abria a porta para pegar água ou suco, ficava ali hipnotizada, como se olhasse livros em uma grande biblioteca. Era preciso alguém gritar “Marina, olha a conta de luz!” para que eu voltasse à realidade.

Depois que a gente cresce, esses encantamentos que tínhamos com as coisas e pessoas acabam passando. Não foi o caso com a tia Sílvia. Meu fascínio pela sua cozinha permanece e sua capacidade de produzir comida quando alguém aparece também – na última vez que estive lá, passei alguns minutos na sala e, quando voltei, havia uma tigela de brigadeiro me esperando.

Mais do que aprender a ter sempre algo no freezer ou uma lata de leite condensado na despensa, descobri com tia Sílvia como a comida é capaz de nos fazer sentir bem-vindos em uma casa. Não era sua geladeira que estava sempre pronta para receber pessoas. Era o seu coração.

***

manteiga-aromatizada-4 manteiga-aromatizada-2

Manteigas aromatizadas

Essa receita não é bem uma receita, é mais um guia de como fazer as manteigas aromatizadas, que são coringas para ter em casa quando aparecer um convidado inesperado. Aqui dou quatro sugestões de combinações, mas é possível fazer outras centenas, com diferentes temperos, ervas, queijos, castanhas, etc. Qualquer torrada ou isca de filé ganha um brilho diferente com essas manteigas – eu tenho sempre pelo menos duas no freezer. 😉

Ingredientes

Base
– 100g de manteiga com sal amolecida

Variações
Pimenta dedo-de-moça e limão
– Raspas de um limão + uma pimenta dedo-de-moça sem sementes bem picadinha

Ervas
– 2 colheres de sopa de ervas frescas picadas (alecrim, salsinha, manjericão, etc).

Alho e parmesão
– 1 dente de alho amassado + 4 colheres de sopa de parmesão ralado

Como fazer

1. Coloque a manteiga em uma tigela, junte os ingredientes que você escolheu e mexa bem com uma colher grande. Se quiser uma manteiga mais aerada, dá para bater na batedeira também.

2. Para guardar na geladeira ou congelar, coloque a manteiga no centro de um pedaço de papel filme, papel manteiga ou papel alumínio, dê o formato de um tronco, feche o papel, torça as pontas e enrole sobre a bancada até formar um rolinho. A manteiga dura uma semana na geladeira e até três meses no freezer.

DICAS

– É importante que a manteiga esteja bem molinha para facilitar o trabalho de misturar.
– Pique bem pequeninho ou transforme em purê os ingredientes que for usar. Se algum deles soltar líquido, escorra bem antes de juntar à manteiga.
– Para que o sabor penetre melhor na manteiga, deixe que ela fique em temperatura ambiente por algumas horas antes de refrigerar.
– Na hora de usar, corte uma rodela do rolinho com uma faca bem afiada e deixe chegar a temperatura ambiente ou use nas preparações direto no fogão.

5 Resultados

  1. Dani disse:

    Nossa, adorei! Devem ficar maravilhosas!

  2. Mari disse:

    maravilha! tava atrás de umas variações novas 🙂

  3. Aline disse:

    Que coisa linda pra finalizar um risoto ou simples bifinho de frango! Um toque muda tudo!