Semifreddo de Nutella

Ando com muita vontade de ter um cachorro. É dessas vontades que não vão pra frente, tipo aprender a costurar ou a falar francês. Quando faço um carinho em um filhote na rua, meu lado prático enumera pelo menos cinco itens pra não ter um animal de estimação. E meu lado emotivo… Ele fica balançado, mas talvez seja o principal responsável por eu não dar cabo a esse desejo Já falei aqui algumas vezes da Tutti, a cachorra que tive durante 15 anos, né? A morte dela, há seis anos, foi muito, muito difícil. Daí fico com receio de escolher um novo bichinho, me apegar e sofrer desse tanto mais um vez quando ele se for.

Na época de Páscoa sempre me lembro muito da Tutti pois ela era completamente alucinada por chocolate. Ela chorava, pulava, implorava, grunhia quando ouvia o barulho do papel de bombom abrindo. A gente não costumava dar, o que talvez aumentasse sua compulsão. Ela já comeu escondida um pacote inteiro de Ouro Branco. Um dia alguém esqueceu uma caixa de bis na bancada e ela se esbaldou. O mais triste pra mim foi quando deixei meu ovo de Páscoa EMBALADO em cima da escrivania e ela conseguiu subir na cabeira, abrir a embalagem e comer as duas metades do ovo. O ovo que eu tinha acabado de ganhar. O ovo que eu tinha comido só um pedaço. Sendo o chocolate um tipo de veneno pra cachorro, não sei como ela sobreviveu a essas gulodices. (Se bem que o estômago da Tutti tinha uma resistência bizarra: ela comeu batom, pimentão, balão e até tentou mastigar uma rolinha sem nunca passar mal.)

Eu poderia escrever um livro com todas as aventuras da Tutti, então vou me controlar e terminar o post por aqui. A memória dela ainda é muito forte, talvez por isso ainda não haja espaço no meu coração pra outro cachorro. Mas… quem sabe um gato?

***

semifreddo de nutella-3 semifreddo de nutella-4 semifreddo de nutella-6

Semifreddo de Nutella

Os semifreddos, ou “semi-frios”, como é a tradução do nome italiano, são uma mistura de mousse e sorvete. Nesse, o sabor da nutella aparece sem ser muito doce – lembra aquele picolé Chicabon, sabe? Só que muito melhor. Se você está preocupado com calorias, uma alento: o exercício de bater a mistura no banho-maria à mão deve valer por pelo menos uma fatia do semifreddo.

Serve 6

Ingredientes

– 4 ovos grandes
– ¼ de xícara (chá) de açúcar
– ¾ de xícara (230g) de Nutella em temperatura ambiente
– 1 xícara de creme de leite fresco gelado

Para servir (opcional): chantilly e avelãs moídas ou picadas

Como fazer

1. Forre uma forma pequena de bolo inglês com papel filme, deixando uma sobra para os lados. Se você não quiser desenformar o semifreddo, dá para fazer em potes individuais.

2. Bata na batedeira o creme de leite fresco gelado por cerca de dois minutos, até engrossar e formar picos (ponto de chantilly). Transfira o creme para outro recipiente e lave a tigela e as pás da batedeira.

3. Separe uma tigela que possa ser encaixada sobre uma panela sem encostar no fundo dela. Na tigela, misture os ovos e o açúcar. Na panela, coloque um dedo de água, leve ao fogo alto e espere levantar fervura.

4. Abaixe o fogo e encaixe a tigela sobre a panela, fazendo um banho-maria. Bata a mistura de ovos e açúcar com um batedor de arames (fouet) ou com uma batedeira portátil sem parar por nem um minuto, ou os ovos irão talhar. Quando espumar bastante e começar a engrossar – com o fouet leva uns 4 minutos, com a batedeira de mão, uns 2 -, retire do fogo e transfira a mistura para a tigela da batedeira (ou, se estiver usando uma batedeira portável, só continue batendo). Bata na velocidade máxima até esfriar completamente, cerca de 3 minutos.

5. Junte a Nutella e misture delicadamente. Por último, acrescente aos poucos o creme de leite batido, fazendo movimentos de baixo para cima com uma espátula, até ficar homogêneo.

6. Transfira a mistura para o recipiente escolhido, cubra com papel filme e leve ao freezer por pelo menos 8 horas. Retire do freezer uns 5 minutos antes de servir. Se for desenformar, basta levantar as alças do plástico filme, retirando o semifreddo da forma. Transfira para um prato e corte em fatias.

Dicas

– Para bater o creme de leite em ponto de chantilly, eu gosto de deixar a tigela da batedeira, as pás e o creme de leite por 5 minutos no freezer antes de começar. Garantir que tudo está bem gelado é importante para conseguir o ponto firme do creme.

– Eu sei que a parte do banho-maria pode parecer um pouco trabalhosa. Na verdade, a receita original pede apenas para bater ovos e açúcar na batedeira até que a mistura fique clarinha, cremosa e volumosa (uns 7 minutos). Eu acrescentei a etapa de banho-maria para que o calor possa matar as possíveis bactérias do ovo, pois não me sinto segura em usar ele cru na sobremesa. Se você tem total confiança da origem e de quão fresco é o seu ovo, vá em frente e pule essa etapa.

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. Ive Farina disse:

    Mariana, estou perdidamente apaixonada pelo Sal de Bolinha! Tudo aqui é perfeito, desde as receitas até as fotos e os causos.
    Sou estudante de gastronomia e tenho um blog de culinária criado há pouco tempo e estou buscando blogs com os quais me identifico para linkar ao meu. O Sal de Bolinha não por acaso já está lá linkadíssimo rs.
    Estou aqui também pedindo sua autorização para reproduzir o Semifredo de Nutella lá no meu cantinho, dando os devidos créditos à você claro.
    Estarei sempre por aqui me inspirando e também me entretendo com tantos posts interessantes.
    Beijos e vc acaba de ganhar uma fã

    • Marina Maria disse:

      Ive, fiquei feliz demais de saber que você gostou tanto do blog! Pode colocar a receita do semifreddo sim no seu sim, contato que dê os créditos, como você disse. Um beijo grande e espero te ver por aqui mais vezes! 😉

  2. Jessica Uema disse:

    No dia 13/12/2013 meu cachorro morreu, ele tinha 12 anos, só que o pior foi decisão da minha mãe e minha , pq ele estava sofrendo muito, e como para a raça dele 12 anos já é velho, se ele fizesse uma cirurgia talvez ele não sobrevivesse e pior sofresse mais ainda, e ele já estava com dor, no mesmo dia, quando eu e a minha mãe chegamos em casa ele estava deitado na casinha ,pq ele não conseguia levantar, sabe como é difícil ver um cachorro que antes quando chegávamos ele pulava por todo o lada que nem um carneirinho, e naquele momento ele nem conseguia se levantar, então levamos ele no veterinário e decidimos q a melhor decisão era sacrificar, para que ele possa descansar.
    A morte do meu cachorro foi 13 dias depois que o meu vô morreu, foi o pior mês da minha vida , mas dias depois minha mãe adotou 2 peraltas kkk
    eu sei que eles vão morrer um dia, mas é algo inevitável.
    Eu acho que temos que aproveitar o agora e não sofrer por antecedência se não vamos parar de aproveitar o hoje. Eu acho que vc deveria adotar outro cachorro, mas é uma opção sua.

    Essa receita é muito boa, me deixou com água na boca kkk
    Parabéns pelas receitas deliciosas que vc faz.

    Beijos

    • Marina Maria disse:

      Meu coração apertou aqui de ler a história do seu cachorro, Jessica… é tão difícil quando essa hora. A Tutti também ia ter que ser sacrificada, mas acabou morrendo um dia antes da consulta marcada. Eu concordo com você que não devemos sofrer por antecedência mesmo, estou trabalhando nisso. Quero muito ter uma cachorro de novo sim. Obrigada pelo seu comentário, viu. Um beijão.

  3. Ai, fiquei tão entretida cachorristicamente que esqueci de falar da receita! HEHEHE Amei, óbvio. O difícil é não comer toda a nutella enquanto prepara a sobremesa 😀

  4. Minha cachorrinha, a Luna, tem fissura por chocolate também. Um dia, ela roubou um bom pedaço daquelas barronas de 1kg e escondeu, pra poder comer sossegada durante a noite! Essa guria… hahaha. Outra vez, ela comeu uma caixa com cerca de 40 brigadeiros. Ô, estômago igual ao meu! UHAUEIHIUAHE Beijo, Marina Maria <3

    • Marina Maria disse:

      Hahaha é foda tem duas chocólatras em casa, né? Eu ficava muito preocupada depois que ela fazia essas gulodices, já que chocolate é tão nocivo pra cachorro. Mas ela nem dava sinais de que tava passando mal..rsrs. Outro beijo, Bárbara Pustai!