Blogagem coletiva: bolo de maçã verde da Utinha para o Thanksgiving

Quando a Ju, do Cupcakeando, me chamou pra participar dessa blogagem coletiva, a primeira coisa que pensei foi: mas o que eu entendo de Thanksgiving? Diferente de outros feriados que “importamos” dos Estados Unidos, como o Dia das Bruxas e o St. Patrick’s Day, esse nunca fez sucesso por aqui.

Eu só sabia o básico: que era uma data para dar graças inspirada em uma comemoração à colheita do outono no séc. XVII, que reuniu peregrinos ingleses e índios nativos americanos. Pesquisando melhor, descobri que a comemoração atual tenta remontar em uma ceia as comidas que eram servidas naquelas festas, com pratos locais que não eram conhecidos dos europeus, como purê de batatas com molho, torta de batata doce, abóbora assada e molho de cranberry.

Achei o máximo isso de recriar a ceia daquela época. Celebrar com comidas feitas com a colheita de outono é uma forma de direcionar o agradecimento para dois elementos muito importantes: a terra e o agricultor. Quantas refeições fazemos por dia sem nos lembrar disso? Sem pensar em como aquela comida foi para ali? Eu mesma nem sempre me dou conta do quanto sou grata à natureza e a quem planta e colhe o alimento. O cozinheiro também é parte essencial do caminho que o ingrediente faz até a mesa, por isso também me sinto agradecida aos que cozinham pra mim e àqueles que me ajudaram nesse ofício das panelas. Uma dessas pessoas – que inclusive cumpre os dois papeis, de me alimentar e ensinar a cozinhar – é a Tia Maria Lúcia, também conhecida como Utinha. No post de hoje, resolvi trazer uma receita dela, um bolo com maçã verde (está na época!) que imaginei como sobremesa para um jantar de Thanksgiving.

Tenho que agradecer também às blogueiras que participam dessa postagem, pois elas são fonte de inspiração na hora de ir pra cozinha e me dão orgulho de fazer parte de uma comunidade tão legal. E por último, mas talvez o mais importante, sou grata por você aí do outro lado, que está lendo esse texto aqui, que comenta os posts, testa as receitas em casa, me manda mensagem ou só mesmo acompanha o blog de longe. Esse apoio é aquele empurrãozinho amigo que faz a gente ir pra frente mesmo nos dias de desânimo. É por sua causa que sou um cozinheira, uma escritora e até uma pessoa melhor. Muito obrigada! <3

Dá uma olhada nas outras receitas dessa postagem coletiva:

Coxas e sobrecoxas assadas ao mel, limão e tomilho, da Ana Paula Jerônimo, do Conversando e Cozinhando
Crumble de maçã, banana e chocolate branco, da Bárbara Pustai, do O Mundo na Cozinha
Cookies de baunilha com raspas de chocolate, da Caroline Souza, do Comida do Dia
Moon Pies, da Isabella Saldanha, do Fotografando à Mesa
Cupcake salgado de peru, da Juliana Morgado, do Cupcakeando
Torta de abóbora e chocolate, da Priscilla Darre, do Culinarístico

bolo maçã verde-4
bolo maçã verde-2
bolo maçã verde-5

***

Bolo de maçã verde da Utinha

Para que vocês pudessem conhecer a receita original do bolo, eu coloquei os ingredientes da versão da minha tia e, nos parenteses, indiquei as minhas adaptações. É um bolo fácil de fazer (nem precisa de batedeira!) e bem úmido. Eu diminuí a quantidade de açúcar porque gosto de bolos pouco doces e assim acho que fica perfeito para comer com sorvete ou chantilly. A cobertura também foi por minha conta e é opcional, mas acho que ela deixa o bolo com cara de “ocasião especial”.

Ingredientes

Bolo

4 maçãs verdes do tipo Granny Smith
1 ½  xícara de açúcar cristal (usei só 1 xícara, sendo ½  de açúcar cristal e ½ de açúcar mascavo)
⅓ de xícara de óleo de girassol ou de coco
2 ovos
2 colheres (chá) de bicarbonato em pó
1 colher (chá) de canela em pó
¼ de colher (chá) de sal
2 xícaras de farinha de trigo (usei 1 ¼ de farinha comum e ¾ de farinha integral)
1 xícara de nozes picadas (usei uma mistura de castanha-do-Pará e de caju)
1 xícara de passas brancas (opcional – se você não quiser usar, aumente mais ¼ de xícara na quantidade de açúcar)
2 colheres (sopa) de rum ou conhaque (opcional – e apenas se você for usar as passas)

Cobertura

½ xícara de açúcar de confeiteiro
1 colher (sopa) de suco de limão
¼ colher (chá) de canela em pó

Como fazer

1. Preaqueça o forno a 180 graus. Unte e enfarinhe uma forma grande com furo no meio.

2. Se for utilizar as passas, coloque-as em um recipiente com o rum ou conhaque e deixe por cerca de 15 minutos, até que fiquem hidratadas. Se não quiser utilizar a bebida, substitua por água quente.

3. Retire o miolo e os cabinhos das maças e rale no lado grosso do ralador. Você pode também tirar a casca se quiser um resultado mais delicado.

4. Em um tigela, bata os ovos, o açúcar e o óleo com um batedor de arames até espumar, cerca de um minuto. Junte a maçã ralada e misture. Peneire a farinha, o bicarbonato, o sal e a canela na tigela e mexa delicadamente com uma colher grande, apenas até sumirem os pontinhos brancos na massa. Junte as castanhas e as passas (descarte o líquido onde foram hidratadas) e misture mais uma vez.

5. Distribua a massa na forma e leve para assar por cerca de 50 minutos ou até que um palito saia seco ao ser inserido no meio. Espere amornar e desenforme.

6. Para fazer a cobertura, misture o açúcar de confeiteiro, o suco de limão e a canela até formar um creminho. Espalhe pelo bolo e sirva. Eu ainda enfeitei com passas e castanhas picadas.

 

 

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. Bolo de maça verda com certeza é amor!! Vou tentar fazer aqui em casa <3

  2. Como sempre: que lindeza de texto! Sempre penso também nessa questão do trajeto da comida. É incrível como a agricultura é tão presente nas nossas vidas, mas tão ausente nos nossos pensamentos. Por uma maior valorização dessa atividade que traz alimento e vida pras nossas mesas <3 (olha eu viajando muito). Ai, e achei esse bolo com uma cara tãão apetitosa! É bem bolo de tia mesmo, super generoso, daqueles que a gente come até não sobrar um farelo no prato 🙂 Beijo!

    • marinamaria disse:

      Adorei “bolo de tia”, Bárbara, porque olho pra ele e penso exatamente nisso… rsrs. É realmente difícil pensar na cadeia produtora de um alimento quando a gente só consegue comprar ele embalado no isopor no supermercado. Temos que fazer uma esforço, é um exercício constante! Um beijo, querida!

  1. 20 de novembro de 2014

    […] de chocolate, da Caroline, do Comida do Dia. Moon pies, da Isabella, do Fotografando à Mesa. Bolo de maçã verde da Utinha, da Marina, do Sal de […]

  2. 20 de novembro de 2014

    […] Sal de Bolinha com:Bolo de maçã verde da Utiinha […]

  3. 20 de novembro de 2014

    […] à mesa (Moon Pies), Cupcakeando (Cupcake salgado de peru), Sal de Bolinha (Bolo de maçã verde da Utinha) e Culinarístico (Torta de abóbora e chocolate). Agora vamos à receita que esse papo todo me […]

Comente!