O cheesecake de “Friends”

No próximo domingo eu deixo de ser da turma dos 20. Passei mais tempo desejando fazer parte desse grupo do que efetivamente nele: desde quando brincava com minha Barbie professora, imaginava o Ken me perguntando “quantos anos você tem?” e eu respondendo: “22”.  Não liguei pros 15 e muito menos pros 18. O ano que tive 19 durou uma eternidade. Havia algo de místico em torno do número 20, um tipo de simbolismo que retorna agora, na despedida dele. E não adianta falar que o tempo é uma invenção dos homens, que a idade é só um dado, que aniversários não importam de verdade. Para mim, eles sempre importam. E esse, dos 30, tá importando um tiquinho mais.

Semana passada, ao assistir uma maratona de Girls, um de meus seriados favoritos, percebi que deixei de me identificar com as personagens, todas em seus 20 e poucos. Ao mesmo tempo, também nunca me vi no Sex and the City. Tá faltando uma série pra quem acabou de fazer 30 e não compartilha do egocentrismo de Hanna, mas também não tem a carreira resolvida (e as roupas de grife) de Carrie ou Charlote.

Mudando de canal, achei um episódio de Friends. Existe algo de confortável em asssitir Friends – e não só porque já decorei todos os episódios e gosto de rir das mesmas piadas. A situação que aquele grupo de amigos vive é bem irreal e a forma como nos autorizamos a ignorar isso é talvez o que torne o seriado tão acolhedor.

Não dá pra entender como Joey se sustenta com dois trabalhos de ator por ano e Phoebe paga um aluguel em Manhattan sendo massagista. E, mesmo aqueles com empregos “formais”, como o Ross e o Chandler, parecem ter tempo de sobra pra ficar no Central Perk ou conversar no apartamento da Mônica. Assistir Friends é ignorar que, diferente deles, você precisa se preocupar com dinheiro, seus amigos moram em outra cidade e raramente há tempo para um café. E tudo bem viver essa fantasia por 30 minutos. Mas ainda bem que só dura isso: ninguém merece ter que esperar 10 temporadas para crescer de verdade.

cheesecake de friends ny style-8

cheesecake de friends ny style-5

cheesecake de friends ny style-12

cheesecake de friends ny style-3

***

O cheesecake de Friends ou NY Style Cheesecake

Lembram desse episódio? Para comemorar meu aniversário, eu queria um cheesecake como aquele, tão bom que comeria do chão. Ele parece ser de um tipo chamado “NY Style”, que é assado do forno, tem uma base de biscoito e recheio bem cremoso. Se tornou popular durante os anos 20, nas delicatessens dos judeus novaiorquinos, e é normalmente comido sem cobertura,  mas você pode servir com a famosa geleia de frutas vermelhas por cima. E não se assuste com a quantidade de cream cheese: é para um cheesecake grande. Se quiser fazer metade da receita, use uma forma redonda de 20 cm.

Rendimento: serve pelo menos 12 pessoas.

Ingredientes

Para a base

– 200 gramas de biscoitos (vale maizena, aveia e mel, amanteigado e até de chocolate – só não pode ser recheado. Eu usei um de leite maltado)
– 75 gramas de manteiga em temperatura ambiente cortada em cubinhos

Para o recheio

– 7 potinhos de 150 gramas (1,050 kg) de cream cheese em temperatura ambiente
– 1 ½ xícara (chá) de açúcar cristal
– 4 ovos grandes
– 1 gema de ovo grande
– 1 colher (sopa) de suco de limão
– 1 ½ colher (chá) de extrato de baunilha
– 1 colher (sopa) de farinha de trigo
– ⅛ colher (chá) de sal

Preparo

Base

1. Unte com manteiga a lateral e os fundos de uma forma de fundo removível de 23 cm de diâmetro e 7 cm de altura. Corte dois pedaços grandes de papel alumínio e cruze um por cima do outro. Posicione a forma no centro e cubra toda a parte externa com o papel, com cuidado para não rasgar. Isso vai proteger o cheesecake durante o banho-maria, evitando que entre água na base.

2. No liquidificador ou processador, triture os biscoitos até virar uma farinha. Se estiver usando o processador, adicione a manteiga e pulse para que fique uma farofa úmida. Caso tenha triturado o biscoito no liquidificador, transfira para uma tigela e misture a manteiga com os dedos, esfarelando a mistura.

3. Pressione essa massa com as mãos na forma preparada, cobrindo todo o fundo e cerca de ⅓ das laterais. Leve ao freezer e, enquanto isso, preaqueça o forno a 180 graus por 15 minutos.

4. Passado esse tempo, leve a base para assar por 10 minutos ou até que comece a dourar. Retire do forno, abaixe a temperatura para 160 graus e deixe a base esfriar enquanto faz o recheio.

cheesecake de friends ny style

Recheio

1. Coloque uma chaleira com água para ferver.

2. Bata o cream cheese na batedeira, na velocidade média, por cerca de 4 minutos, até ficar macio e cremoso. Vá colocando o açúcar aos poucos, até que desapareça na massa. Junte os ovos e a gema um a um, batendo por cerca de um minuto após cada adição. Desligue a batedeira, raspe as laterais da tigela com uma espátula e acrescente o suco de limão, a baunilha e o sal. Peneira a farinha por cima do recheio e misture tudo na velocidade baixa, apenas até virar um creme homogêneo.

3. Espalhe o recheio por cima da base já totalmente fria. Coloque a forma do cheesecake sobre uma assadeira (grande o suficiente para que haja espaço entre a forma e as laterais da assadeira). Coloque a assadeira na grade do forno e, com a porta aberta, cuidadosamente entorne a água quente na assadeira, preenchendo até atingir a metade das laterais da forma do cheesecake.

cheesecake de friends ny style-2

4. Asse por cerca de 1h30 ou até que as laterais estejam firmes e o centro um pouco úmido. Se você balançar a forma levemente, o centro deve mexer um pouco, como gelatina. O topo deve estar levemente dourado.

5. Quando chegar nesse ponto, desligue o forno, coloque uma colher de pau na porta (para mantê-la entreaberta) e deixe o cheesecake lá por mais uma hora, com o forno desligado mesmo.

6. Transfira o cheesecake para uma gradinha, removendo com cuidado o papel alumínio. Passe uma faquinha afiada pela laterais para ajudar a soltar a massa e deixe esfriar totalmente (na forma mesmo). Em seguida, cubra com filme plástico e deixe na geladeira por pelo menos 8 horas ou até 2 dias.

7. Na hora de servir, abra as laterais da forma, mantendo o cheesecake sob o fundo dela.

8. Você pode comer ele assim, puro, como a Rachel e o Chandler fizeram, ou cobrir com alguma calda, geleia de frutas ou goiabada derretida. Na hora de cortar, passe a faca na água quente: fica mais fácil de partir e os pedaços saem certinhos.

Você pode gostar...

4 Resultados

  1. Como sempre o texto lindo, perfeito!

    Uma dúvida, a minha batedeira é daquelas velhinhas que batem tudo muito rápido e com uma força absurda rs. Será que dá certo mesmo assim? Ou é melhor bater com um fouet?

    Grande abraço!

    • Marina Maria disse:

      Ô Aline, obrigada pelo elogio, querida! Dá certo fazer na batedeira potente sim, é só bater por menos tempo e ficar de olho nas indicações de textura que eu dou no texto da receita. Espero que dê certo! Um beijo!

  2. Já peguei a minha colher e me ajoelhei pra comer (Joey <3).

    Eu ainda to nos 20 e poucos… mas às vezes dá uma aflição. O que raios eu vou fazer da vida? Eu já não era pra ter certeza? HAHAHA (risada nervosa). Agora eu vou ali num cantinho ficar em posição fetal huaiehauiheuia. Beijo, amada!

    • marinamaria disse:

      Você vai aproveitar seus 20 até a última gota! hahaha. Acho que essa certeza não vem nunca, sabia. Quem diz que tem, deve estar se enganando… #aquelas rsrs
      Beijão!

Comente!