(…) Dançando e mudando

Minha primeira experiência com mudança de casa aconteceu tarde: eu tinha 26 anos quando empacotei minhas primeiras caixas. Além de ter que desapegar do lugar onde morei a vida inteira, precisei organizar um novo quarto, sala, cozinha. A sensação era de que minhas coisas ainda tinham a forma das antigas gavetas e prateleiras e por isso não cabiam nos novos espaços. A decisão de o quê ficaria aonde sempre parecia um pouco arbitrária, mesmo quando eu tentava justificar racionalmente cada uma das escolhas.

A experiência de criar um novo layout e linha editorial para o blog me lembrou bastante essa época. Difícil decidir o que levar, o que deixar para trás e o que comprar novo. Ontem, frustrada por nunca sentir que o blog estava exatamente do jeito que queria, pensei que talvez esse estado de completude não exista para nada. A casa, por exemplo, está sempre em mudança. Tudo dança: os móveis, os quadros, a cor da parede, a organização das estantes. E assim reflete a realidade de seus moradores, já que nós também nunca estamos totalmente prontos. Com isso em mente, senti mais confiança em colocar o novo blog no ar hoje, sabendo que, apesar de faltarem ajustes, já é um lugar gostoso de morar e receber visitas.

Além da parte gráfica, houve também outra mudança significativa no formato dos posts. Na pesquisa que fiz há algumas semanas, tive respostas positivas com relação aos textos que escrevo, o que me deu mais certeza de que  meus “causos” precisavam de um quarto só deles. Continuarei escrevendo nos posts de receitas, mas o texto será mais curto e informal. Uma nova seção, chamada “Crônicas de quinta”, terá apenas minhas crônicas, memórias e devaneios – dessa vez com mais espaço para se esticarem.

Ao longo das próximas semanas, além dessa nova coluna, também irei apresentar alguns menus pensados para ajudar na hora de elaborar cardápios simples e especiais, além inaugurar uma página dedicada às frutas, legumes e vegetais de época.

Preciso muito agradecer às pessoas que me ajudaram nesse longo caminho de mudança: Mário, Leandro, Matheus, Nati, Eric e Mari Chebly. Sem a ajuda de vocês, esse novo lugar não seria tão legal.

Como já disse, a casa ainda não está pronta, mas graças a vocês, leitores, já tem alma.

Sejam bem-vindos!

tudo danca hospedado numa casa em mudanca post

Você pode gostar...

6 Resultados

  1. Pandeló disse:

    Marina Maria,

    desejamos muita completude e realização na casa nova!
    Tudo lindo por aqui!

    Abraços!

  2. Chris Machado disse:

    Marina, adorei o blog novo, as ideias e esse texto de “inauguração”. O layout ficou lindo! E essa sua casa, que já era boa, ficou ainda melhor e mais aconchegante. Já estou ansiosa pelas crônicas de quinta. Sucesso pra você! Beijo

  3. Eu sinto tanto orgulho desse momento, que ele quase não cabe o mim. Começar o dia com essa imagem é, definitivamente, uma das melhores sensações. Significado de realização, talvez. Saber o quanto você se dedicou e se dedica diariamente a esse propósito é uma inspiração – nunca escondi isso. Eu espero continuar acompanhando de pertinho, sempre que possível, ajudando como posso, encantada sempre. Ao infinito e além, Sal de Bolinha!

    • marinamaria disse:

      Fiquei aqui um tempão pensando como responder ao seu comentário. Como a gente agradece uma amiga como você, Nati? Que vara a madrugada junto, escuta lamúniras, ri dos absurdos, divide as conquistas? Não sei, não. Só sei que você faz parte desse blog como faz parte do meu coração, Nati. E é um pedaço enorme. <3

Comente!