O drama do doce com salgado + Farofa doce de bacon e calda de caramelo

Adulto com paladar infantil: você é um deles? Se não é, com certeza conhece um. Essa expressão é usada para definir os gostos alimentares de pessoas que comem praticamente as mesmas coisas de quando tinham 10 anos, ou seja, poucos vegetais e muita batata frita. Ah, e não gostam muito de experimentar sabores novos.

É uma pena que a definição de “paladar infantil” seja essa que envolve a aceitação apenas de sabores primários. Afinal, eu já vi criança comendo sushi e gorgonzola e adorando. Inclusive, antigamente não existia isso de comida de criança e comida de adulto – quando começavam a se alimentar com sólidos, os pequenos comiam a mesma coisa que os pais. É claro que o paladar é influenciado pela sensibilidade geneticamente determinada e a influência da família e da cultura. Mas talvez isso sirva para pensar que crianças são capazes sim de experimentar e gostar dos mesmos alimentos que a gente. Ou seja, talvez o tal paladar infantil não seja tão simplista assim.

Essa introdução toda foi para chegar em uma questão específica: a mistura do doce com salgado. Para muitos, essa repulsa aparece na infância, mas depois muda com o tempo. E se por acaso se mantém depois de mais velho, é porque a pessoa tem paladar infantil. Eu fico pensando se isso é mesmo uma questão de “criança não gosta”. Me lembro de umas combinações malucas que a gente só comia quando era pequeno – meu irmão curtia sorvete com batatas fritas, minha vizinha punha catchup no biscoito recheado e eu comia pão com chocolate em pó salpicado por cima da manteiga. Se isso não é abertura para experimentação e gosto por mistura de doce com salgado, eu não sei o que é.

Se você não fazia nada disso quando criança e até hoje arrepia ao ver um filé com molho de frutas vermelhas, esse post é para você: chegou a hora de expandir a mente. E não consigo pensar uma melhor forma de fazer isso do que com bacon – já que bacon não se recusa, né. E quem sabe esse será o primeiro passo para admirar um bom risoto de brie com damasco? Pode me agradecer depois. 😉

***

Sorvete com farofa doce de bacon e calda de caramelo

Esse é simplesmente o perfeito acompanhamento para qualquer tipo de sorvete. Mas, se você não estiver animado para fazer toda a preparação, faça apenas o bacon, corte em quadrados e sirva de aperitivo numa festa. Ou então coloque no hambúrguer. Ou só sente na frente da TV e coma tudo sozinho mesmo. Eu não vou te julgar, prometo.

bacon doce e calda de caramelo-8

Ingredientes

Para a farofa

– 200 gramas de bacon em tiras
– Açúcar mascavo (cerca de ½ xícara, mas você não vai usar tudo)
– 10 biscoitos do tipo maria ou outro neutro de sua preferência
– 2 colheres de sopa de manteiga sem sal

Para a calda de caramelo

– 1 xícara (chá) de açúcar comum
– 6 colheres (sopa) de manteiga sem sal em temperatura ambiente (85 gramas)
– ⅔ de xícara de creme de leite fresco (tem que ser o fresco!)

Para servir

– Sorvete pronto de sua preferência (esse da foto é de chocolate belga)

Como fazer

Farofa doce de bacon

1. Preaqueça o forno a 180 graus. Forre uma assadeira com papel manteiga ou papel alumínio.

2. Espalhe o açúcar mascavo em um pratinho. Pegue uma tira de bacon e pressione os dois lados dela sobre o açúcar, para que fiquem cobertas generosamente pelo açúcar. Vá colocando uma ao lado da outra na assadeira, formando uma camada só. No final, salpique mais um pouco de açúcar por cima.

bacon doce e calda de caramelo

3. Leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até que o açúcar tenha caramelizado e ganhado um tom marrom escuro e o bacon esteja bem sequinho – ele não vai sair do forno crocante, mas depois que esfriar ele vai endurecer um pouco. Fique de olho e cheque o bacon sempre, pois a diferença de alguns minutos pode fazer ele queimar.

4. Retire o bacon da assadeira e deixe esfriar em uma gradinha. Eu coloco um pedaço de papel alumínio por baixo para evitar que suje a bancada.

bacon doce e calda de caramelo-3

5. Enquanto isso, triture os biscoitos no processador ou liquidificador. Você pode ainda colocá-los em um saco plástico do tipo ziplock e passar o rolo de massas por cima.

bacon doce e calda de caramelo-2

5. Derreta a manteiga em um panelinha no fogo baixo e junte o biscoito triturado. Mexa até que o biscoito fique úmido e dê uma tostadinha – é jogo rápido. Transfira pra um pratinho e deixe esfriar.

bacon doce e calda de caramelo-4

6. Com o bacon já frio e levemente crocante, pique pedacinhos com a ajuda de uma tesoura de cozinha. Misture com o biscoito e guarde num pote fechado por até dois dias.

Calda de caramelo

1. Antes de começar, deixe todos os ingrediente perto do fogão, pois fazer caramelo exige rapidez e atenção.

2. Coloque o açúcar numa panela de fundo grosso (as finas, como as antiaderentes, podem fazer o caramelo queimar) e ligue o fogo baixo. Quando o açúcar começar a derreter na beiradas, mexa a panela em movimentos circulares até que ele derreta por completo.

3. Deixe a calda no fogo até que atinja uma cor âmbar. Se tiver um termômetro, vai medir 170 graus celcius (um termômetro culinário é baratinho e ajuda muito quem nunca fez caramelo. Na hora de medir, certifique-se de que a ponta do termômetro esteja bem no meio da calda, sem encostar no fundo ou nas laterais da panela). Nesse ponto, retire a panela do fogo e misture a manteiga – cuidado que vai borbulhar – mexendo até que esteja incorporada. Em seguida adicione o creme de leite aos poucos – cuidado de novo com as borbulhas – e siga misturando até ficar homogêneo.

4. Deixe o caramelo esfriando na panela por uns 10 minutos. Depois, entorne a calda em um pote de vidro e deixe esfriando em temperatura ambiente. Você pode guardá-lo na geladeira por até uma semana.

bacon doce e calda de caramelo-9

Você pode gostar...

5 Resultados

  1. 28 de agosto de 2013

    […] Bacon caramelised with muscovado sugar, crunched up cookies and caramel sauce. I would definitely eat this! Image and recipe here […]

  2. 3 de dezembro de 2013

    […] uma geleia do dito-cujo – Para os apaixonados por brigadeiros, um bem classudo – Para os formigas, um pote de calda de caramelo – Para os de dieta, um bolo de chocolate quase […]

  3. 20 de dezembro de 2013

    […] Para a sobremesa do Natal, em vez de sugerir algo que rende muito, queria uma receita menor e mais simples, que seria bom tanto para famílias pequenas quanto para levar numa ceia como convidado. Aproveitando que estou inspirada pela França esta semana, resolvi sugerir essa torta de maçã francesa, mais simples de fazer que as tradicionais americanas. Ela é perfeita sozinha, mas se quiser incrementar, sirva com chantilly e calda de caramelo. […]

  4. 10 de junho de 2015

    […] Farofa doce de bacon […]

  5. 9 de dezembro de 2015

    […] extremo com esta receita, boa para degustar com calda de caramelo por cima de um sorvetinho. Veja aqui a […]

Comente!