De volta ao básico com meu purê de batatas preferido

Essa semana estava revendo as fotos do mochilão que fiz há alguns anos e uma delas me fez rir: é do almoço que minha mãe fez no dia que cheguei. Lembro que liguei para ela do aeroporto, antes de embarcar no voo de volta, e quando ela me perguntou que comida estava com saudade, nem pensei duas vezes: carne moída, purê de batatas, feijão e saladinha de tomate.

Até hoje esse talvez seja meu almoço preferido. E por ser tão básico, pode parecer ridiculamente fácil de ser feito, mas para mim não é. Quando comecei a cozinhar na adolescência, queria ir para o fogão experimentar, então quase sempre fazia pratos que fugiam da rotina de comidas na casa. Fui aprender a fazer arroz com feijão depois de mais velha. Minha mãe resumia bem: quando perguntavam para ela se eu cozinhava, ela respondia: “ela só gosta de fazer coisas diferentes”. E é verdade até hoje. As coisas básicas me assustam um pouco, exatamente por serem tão simples, não terem receita – e por isso dependerem mais de experiência.

Aqui no blog eu acabo falando pouco de comidas mais básicas também porque sei que cada um tem seu jeito próprio de fazer feijão, farofa e etc e não precisa de receita para isso. De uns tempos pra cá, no entanto, comecei a pensar que talvez seja importante compartilhar essas coisas também – os truques, segredinhos, a forma de fazer. Então hoje estou deixando os brownies e pães de lado e voltando a um básico amado: o purê de batatas.

***

Purê de batatas
O truque desse purê não são os ingredientes ou as quantidades – você pode usar mais ou menos manteiga e creme de leite, ou leite no lugar do creme de leite. O segredo é o uso da batedeira. Suja mais louça, mas vai por mim: vale muito a pena.

purê de batatas 3

Serve 4 pessoas com muita fome ou 6 com fome normal (como acompanhamento)

Ingredientes

– 1 quilo de batatas
– 3 colheres de sopa de manteiga em temperatura ambiente
– 3 colheres de sopa de creme de leite fresco ou de caixinha
– Sal, pimenta-dor-reino e noz moscada à gosto

Para gratinar: queijo ralado e cubinhos de manteiga gelada

Como fazer

1. Coloque uma panela grande com água no fogo. Quando estiver quase fervendo, comece a preparar as batatas.

2. Descasque as batatas e parta ao meio (ou em quatro, se forem muito grandes). Coloque na panela com duas colheres de sopa de sal.

purê de batatas

3. Deixe cozinhar até que fiquem bem macias – teste com uma faca, que deve entrar na batata sem nenhuma resistência. Escorra as batatas e deixe-as no escorredor por uns 5 minutos, para que o excesso de água evapore um pouco.

4. Enquanto isso, aqueça o creme de leite (só até ficar morno, não deixe ferver) no micro-ondas ou numa leiteira. Se for gratinar seu purê, preaqueça o forno a 250 graus (caso o forno tenha um dourador, ligue essa função também).

5. Coloque as batatas na tigela da batedeira e bata na velocidade mínima até que as batatas se desmanchem completamente e formem um purê. É jogo rápido, coisa de um minuto. Adicione a manteiga e o creme de leite morno e continue batendo apenas até ficar homogêneo e cremoso. Prove, acerte o sal e adicione a pimenta e noz moscada à gosto. Bata rapidamente por uma última vez. É importante não bater por demais, senão o purê vira uma cola!

purê de batatas 2

6. Se for gratinar (eu recomendo!), coloque o purê numa travessa e espalhe uma camada fina de queijo ralado por cima (eu usei parmesão). Coloque também uns 5 ou 6 pedacinhos de manteiga. Leve ao forno por cerca de 5 minutos, ou até dourar.

Você pode gostar...

Comente!