Do lado de lá ou de cá do fogão + Rigatoni com molho de linguiça defumada e mel

Outro dia me perguntaram: você gosta mais de cozinhar para as pessoas ou que as pessoas cozinhem para você?

Resposta difícil essa. Nos últimos anos eu tenho estado tão envolvida com esse mundo culinário que o movimento mais natural é que eu cozinhe para as pessoas. Até minha mãe, que com certeza foi a pessoa no mundo que mais cozinhou para mim, se aposentou um pouco das panelas depois que eu cismei com a beirada do fogão. Acho até que não por vontade própria, mas porque eu comecei a dar pitaco em tudo que ela cozinhava, bancando a chata o tempo todo, daí ela acabou desistindo.

Isso não quer dizer dizer que não goste de estar do outro lado. Há alguns anos atrás, alguém muito especial fez esse rigatoni para mim. Ele chegou dizendo que tinha uma receita de um amigo que era muito boa, fácil e gostosa, etc e tal. Fiquei meio desconsertada de ver ele mexendo no fogão, meio desconfiada daquela comida, quase como se ele estivesse invadindo meu território. Sorte que a cozinha era tão pequena que nem dava para ficar lá xeretando, então sentei no sofá e fiquei vendo TV. Me lembro quando ele entrou na sala segurando a panela:  a massa fumegando, um cheiro maravilhoso. Sentamos nas cadeiras e, no momento em que ele serviu o meu prato e olhamos rapidamente um para o outro, eu soube que era amada.

Acho que cozinhar para alguém ou ter alguém cozinhando para você é parte de um mesmo movimento; é uma troca de amor. Não só amor romântico, claro que não. Qualquer tipo de amor. Amor de pai, de mãe, de amigo, de irmão. É por isso que nessa troca os dois lados saem beneficiados. É bom de todo jeito. Por isso, vou responder essa pergunta com aquela resposta mais chata do mundo, inventada por pais indagados sobre qual é o filho preferido: gosto dos dois o mesmo tanto.

***

Rigatoni com molho de linguiça defumada e mel (ou Rigatoni Proeitti)
O sobrenome do tal amigo que ensinou a receita é Proietti, daí o nome “oficial” do rigatoni. Essa foi a primeira vez que eu fui para a cozinha fazer o tal prato – e preciso dizer que não ficou tão gostoso quanto naquela vez, mas sei que isso não tem a ver com a receita.

Rigatoni_1

Para duas pessoas

Ingredientes

– 250 gramas de linguiça calabresa defumada, fatiada em rodelas finas
– 250 ml de creme de leite (de preferência fresco, mas pode também ser o de caixinha)
– 200 gramas de macarrão tipo rigatoni (se não encontrar, use outra massa curta com penne ou fusilli)
– 1 colher de chá de mel
– Sal, pimenta-do-reino moída na hora e noz moscada à gosto

Como fazer

1. Coloque água para ferver em uma panela grande.

2. Enquanto isso, aqueça uma frigideira grande no fogo alto e regue com um pouco de azeite. Junte as fatias de linguiça e mexa até começar a dourar. Adicione o mel e misture bem.

3. Abaixe o fogo, coloque o creme de leite e deixe ferver no fogo baixo para que o molho engrosse um pouco.

4. Nesse ponto a água já vai estar fervendo. Junte um pouco de sal (lembre-se: a água em que o macarrão é cozido deve estar salgada como a água do mar) e coloque o rigatoni para cozinhar até ficar al dente (cheque o tempo indicado na embalagem).

5. Quando sentir que o molho adquiriu um consistência boa, bem cremosa, tempere com sal, pimenta e noz moscada, misture bem e desligue.

6. Escorra o macarrão e misture-o ao molho. Sirva quente!

Rigatoni_2

Você pode gostar...

9 Resultados

  1. Erica disse:

    Adorei a receita!… Parece delicioso!
    Essa semana meu amado faz aniversario e vou fazer pra ele!!! Ele adora linguicas.
    Adoooooro seu site!!!
    Um beijo!

    • marinamaria disse:

      Brigada pelo carinho, Erica! E olha, esse molho é um dos meus favoritos aqui do blog. Só de lembrar dele dá vontade de fazer de novo…rsrs. Um beijo!

  2. ANA SÍLVIA GUIMARÃES disse:

    Amo!!! E que linda história de amor <3
    Beijos em vcs,
    Ana Sílvia

  3. dea lucia disse:

    Linda é a forma que você lida com a “comida”, pois é fazer arte com amor. Um dia vou chamar você pra cozinhar comigo e trocar abobrinhas. Estou tentada a fazer esse Rigatoni. Se der certo aviso vc

  4. Flávia Dorado disse:

    Nina, esta receita parece fácil de fazer. Vou tentar na minha nova casa! Um dia ainda cozinho uma comida digna para você! Você vai ficar orgulhosa… Rs.

  5. Ana Lídia disse:

    o texto me emocionou e me fez querer experimentar a receita.

Comente!