Sem perder a ternura + Filé marinado na mostarda

Lembrar de Che Guevara enquanto se grelha um bife pode parecer absurdo, mas foi o que aconteceu. Enquanto esses estavam na panela, eu pensei: “hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás.” Bife duro, sem “ternura”, é pior que comer feijão gelado.

Hoje de manhã essa frase veio novamente à minha cabeça. Depois de acompanhar uma realidade tão dura nesses últimos dias, acordei com vontade de sentir algo bonito. Fui nas minhas plantas ver se tinha alguma joaninha querendo passear nos meus dedos, mas elas não estavam por aqui. No céu, não consegui achar nenhuma nuvem de formato engraçado, que me fizesse rir por dentro. Daí entrei na internet e me lembrei  deste documentário sobre Manoel de Barros, que nunca tinha assistido até o final. Foi minha mãe que me mostrou. E era o que eu precisava para lembrar que há poesia, delicadeza, beleza na vida. Há genialidade no corriqueiro. Há esperança nesse mundo doidão.

PS. O vídeo é grande,mas garanto que vale todos os 81 minutos.Se ainda não te convenci, veja o trailler.

https://www.youtube.com/watch?v=9_qm9AqLxcs


***
Filé marinado na mostarda
Não sou muito fã de carne vermelha, como você pode perceber pelo histórico do blog, mas de vez em quando me dá vontade de comer um bom filé. Esse ficou bem macio e delicioso.

File_marinado_mostarda_1

Rendimento: 4 porçõe de 150 gramas cada

Ingredientes

– 2 colheres de chá de mostarda Dijon
– 2 dentes de alho pequenos, descascados e picados
– Uma pitada de pimenta caiena
– ½ colher de sopa de alecrim fresco picado
– Suco de ½ limão
– 4 postas (ou bifes) de filé mignon ou outra carne similar de 150 gramas cada
– Sal à gosto


Como fazer

1. Numa tigelinha, misture a mostarda, o alho, a pimenta e o alecrim. Besunte as postas com essa marinada, tampe a tigela e deixe na geladeira de um dia para o outro, ou pelo menos por duas horas.

2. Se você tiver uma grelha, preaqueça na temperatura média. Se não, faça o mesmo com uma frigideira no fogo médio, untando com um pouco de azeite logo antes de começar a grelhar a carne. Retire o excesso de marinada do filé e tempere os dois lados com sal.

3. Grelhe os filés, pincelando por cima de cada um o restante da marinada. Não mexa ou cutuque a carne: deixe que fique alguns minutos de um lado até que se forme uma crosta; só então vire do outro. Para saber o ponto da carne sem precisar fazer o sacrilégio de cortá-la ou espetá-la, eu uso essa técnica:

teste_ponto_carne_crua

Abra a palma da sua mão e relaxe a mão. Use o dedo indicador da outra mão e sinta a área “gordinha” logo abaixo do dedão. Lembre de não tensionar a sua mão. Essa é a sensação de pressionar com os dedos uma carne crua.

teste_ponto_mal passada
Junte o dedo indicador ao dedão e, com o indicador da outra mão, sinta novamente a parte gordinha abaixo do dedão. Você vai perceber que ainda está bem macia. Ao apertar levemente a carne mal passada com o dedo, é isso que você deve sentir. Se quiser, abra a mão e compare a sensação da carne crua.

teste_ponto_ao ponto

Usando a mesma técnica, dá para perceber que a área embaixo do dedão fica um pouco mais firme, e é essa a sensação de pressionar a carne ao ponto.

teste_ponto_ao ponto para bem

Seguindo o mesmo raciocínio, é possível notar que nesse ponto a área da mão está bem mais firme do que na mal-passada, por exemplo.

teste_ponto_carne_bem passada
É quando a área gordinha da mão vai estar mais firme, ou seja, vai oferecer mais resistência ao apertar.

4. Quando atingir o ponto desejado, retire os pedaços da grelha/frigideira e deixe que descansem por 5 minutos antes de cortar. Essa etapa é importante para que os sucos retidos dentro da carne permaneçam lá. Eu servi com purê de batatas e umas cenouras caramelizadas.

File_marinado_mostarda_2

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. 26 de junho de 2014

    […] de Barros já apareceu por aqui nesse e nesse post. Só não apareceu mais porque me controlo, como toda boa fã deveria fazer. A […]

  2. 28 de agosto de 2014

    […] ou massas, tinha dificuldade de encontrar uma sobremesa que não pesasse tanto. Depois de comer um filé, fica difícil encarar um cheesecake de nutella, né? Foi então que achei o doce perfeito para […]

Comente!