Escolha seu lado + Brownies de manteiga queimada e nozes

Um confeiteiro americano que gosto muito, David Lebowitz, disse em um dos seus livros de receita que o mundo é dividido entre dois tipos de pessoas: as que gostam do brownie com textura parecida com bolo e as que preferem a textura “fudge”, que é úmida e densa. Ele conta que precisou incluir receitas para agradar os dois tipos no livro porque percebeu como as pessoas são ferozes em defender o seu tipo favorito que, para elas, é sempre “o jeito certo de fazer brownie”.

Essa expressão “o mundo é dividido entre dois tipos de pessoas” só existe porque as pessoas podem ser vorazes em defender (pequenas) coisas pelas quais são muito apaixonadas. Quando morei no sul dos Estados Unidos, havia uma bebida lá chamada “sweet tea”, um chá mate bem gelado com bastante açúcar. A primeira vez que me perguntaram o quão doce eu queria o chá e eu respondi “bem pouco”, quase fui expulsa da casa. A anfitriã me explicou: “existem dois tipos de pessoas aqui: as que gostam do chá doce e as que gostam dele MUITO doce”.

Já sofri discriminação também porque disse que não gosto de Simpsons, no que me responderam que essa não é uma possibilidade, já que estamos falando  do melhor desenho do mundo e eu tinha apenas a opção de entrar para um dos dois grupos: quem gostava mais da dublagem antiga ou da atual.

Fato é: em coisas bobas ou causas grandes, é importante ter bandeiras para defender. Não há nada pior do que gente que nunca se posiciona. Seja em brownies ou lutas políticas, é preciso escolher um lado.

***
Brownies de manteiga queimada e nozes
Eu ainda estou decidindo se gosto mais de brownies tipo bolo ou tipo fudge. Esse, no caso, é da turma dos fudge: bem úmido, bem denso. A manteiga queimada junto com as nozes dão um sabor maravilhoso para o brownie. É, acho que vou ter que fazer de novo para decidir.

brownies_manteiga_nozes_1

Ingredientes

– 125 gramas de manteiga sem sal
– 1 ¼ xícaras de chá de açúcar
– ¾ de xícara de cacau em pó
– 1 colher de chá de extrato de baunilha
– 2 colheres de chá de água
– ¼ de colher de chá de sal
– 2 ovos
– ⅓ de xícara de chá + 1 colher de sopa de farinha de trigo
– 1 xícara de nozes picadas


Como fazer

1. Preaqueca o forno a 160 graus. Forre uma forma quadrada de 20 cm com papel alumínio. Eu costumo virar a forma de cabeça pra baixo e dar o formato pro papel antes de encaixá-lo no fundo da forma, como nesse link aqui. Com cuidado e com a manteiga bem amolecida, unte o fundo e as laterais do papel, tomando cuidado para não rasgar.

2. Misture o açúcar, o cacau, a água, a baunilha e o sal.

3. Numa panela pequena, derreta a manteiga em fogo baixo, mexendo sempre. Depois que manteiga parar de espumar, ela vai começar a adquirir um tom dourado, que vai escurecer aos poucos. Continue mexendo e, quando sentir um cheiro de castanha e a manteiga estiver âmbar, com pedacinhos queimados no fundo da panela, desligue o fogo imediatamente. Esse processo leva uns 5 minutos. Se sentir cheiro de queimado, a manteiga passou do ponto. então, comece de novo.

4. Entorne a manteiga imediatamente na vasilha com os outros ingredientes e misture até ficar homogênio. Deixe esfriar por 5 minutos.

5. Adicione os ovos, um de cada veze, batendo vigorosamente depois de cada adição. Quando a mistura estiver grossa e brilhante, junte a farinha e misture. Agora vem uma parte importante: coloque o timer para marcar 1 minuto e durante esse tempo misture mais uma vez vigorosamente a massa.

6 Junte as nozes, misture e entorne na forma preparada. Use uma espátula para alisar a mistura e, se quiser, decore com algumas nozes por cima. Leve ao forno por cerca de 30 minutos, ou até que um palito inserido no centro saia com algumas migalhas grudadas. Se sair com massa, ainda não está no ponto. Se sair totalmente seco, ele passou do ponto. Deixe esfriar, de preferência numa grade, e desenforme com ajuda das alças de papel alumínio. Se quiser cortar pedaços mais certinhos, deixe o brownie na geladeira por algumas horas antes de cortar.

brownies_manteiga_nozes_2

Você pode gostar...

7 Resultados

  1. Pois é… difícil se decidir de qual lado você é quando se trata de Brownies. rs… Eu peco com os dois. Juro!!! Mas claro que eu tenho a minha preferência é a que fica entre cookies e bolo, eu acho que se classifica em fudge.

    Acabei de conhecer seu blog, e confesso; achei incrivelmente lindo. Parabéns pelo conteúdo. Estou encantada!

    Bjuuuus!

  2. Mariana S disse:

    Muito obrigada pelo retorno atencioso! Acho que ficou “puxento” porque deixei muito tempo no forno mesmo ou cometi algum outro erro.. Pq eu gosto é do tipo fudge sim! Agradeço mais uma vez, adoro o blog.

  3. Mariana S disse:

    Fiz a receita ontem e ficou muito boa! Mas achei pouca quantidade, rende bem pouquinho… E também ficou meio puxento, será que deixei tempo demais no forno?

    • marina maria disse:

      Ei Mariana! Pois é, a forma quadrada de 20cm rende uns 6 pedaços, né? Eu acho bom porque assim não como muito! rsrs. Se eu entendi direito, essa textura “puxenta” é pq é um brownie tipo “fudge”, como expliquei no início da receita. Então é pra sair assim mesmo! Se você não curtiu muito, talvez seja do time de brownies com uma textura um pouco mais próxima do bolo. Tente esse, e se quiser pode omitir a nutella e incluir castanhas. Já aviso que ele rende o mesmo tanto, uns 6 pedaços na forma quadrada de 20cm, então se quiser mais já pense em dobrar as quantidades:

      http://saldebolinha.com/2012/04/20/sinonimos-de-alegria-brownie-com-nutella/

      Um beijo!

  1. 19 de junho de 2017

    […] isso pra dizer que quase fiquei com lágrimas nos olhos lendo esse texto da Marina, do blog Sal de Bolinha (que é, pra mim, o melhor blog de comida que já li. E olha que […]

Comente!