Buscas estranhas e ovos em cocotte

Pelo gerenciador do WordPress eu consigo saber como as pessoas chegaram até aqui, inclusive se a porta de entrada foi algum termo de busca. E algumas palavras-chave que trazem novos visitantes ao blog são muito engraçadas. Essa é a lista dos meus favoritos:

“as melhores receitas de bolo de chocolate de verso das farinhas de trigo”
(Taí uma busca de alguém que sabe exatamente o que quer.)

“bolinha achatada de plastico com uma alça mesa de escritorio”
(Também na categoria “bem específicos”, esse eu nem consegui entender o que a pessoa queria achar…. E nem porque ela veio parar no meu blog.)

“coisas que não entendo”
(Senti empatia por essa, tanta coisa que não entendo também… quem dera se o Google pudesse mesmo ajudar.)

“motivos pra ser feliz”
(Será que foi a mesma pessoa lá de cima? É um caso de depressão leve?)

“trabalho sobre o pao rustico”
(Tem jeito de trabalho de escola que um professor descoladinho pediu e, claro, a primeira coisa que o aluno fez foi jogar no Google.)

“acompanhamentos”
(Não tinha algo mais genérico, não?)

“computador derretido”
(Não sei como meu blog poderia ajudar. Não sei como nenhum outro blog poderia ajudar.)

“árvore manteiga de galinha”
(????)

“mesa de chá da tarde de pobre”
(…)

***
Ovos em Cocotte
Isso não é uma receita propriamente dita, é mais uma dica de preparo. Os “oeufs en cocotte”  ficam cremosos e podem ser servidos como entrada ou mesmo ser um café da manhã reforçado. Também são boas opções para aproveitar aqueles restinhos de coisas da geladeira no recheio.


Rendimento
1 porção

Ingredientes

– 1 ovo
– 1 colher de sopa de creme de leite
– 1/4 de colher de chá de azeite
– 1/4 de colher de chá de sal
– Uma pitada de pimenta-do-reino e outra de noz moscada ralada
– Manteiga para untar
– 2 colheres de sopa de recheio de sua preferência (Essa parte é opcional – ele também fica gostoso puro. O recheio pode ser presunto e queijo picadinhos, tomates picados, carne moída, frango desfiado, cogumelos, aspargos… Eu usei queijo canastra ralado.)

Como faz

– Pré-aqueça o forno a 200 graus. Ao mesmo tempo, coloque uma chaleira no fogo com água para ferver.
– Unte com manteiga um ramequim ou outra tigelinha que possa ir ao forno. Se for usar algum recheio, espalhe-o no fundo.
– Com cuidado, quebre o ovo no ramequim. Por cima, derrame a colher de creme de leite e o azeite. Salpique com o sal, pimenta e noz moscada.
– Ponha a tigelinha numa assadeira pequena. Encha a assadeira com a água fervente até que atinja cerca de metade da altura da tijela. Assim o ovo irá cozinhar em banho-maria, lentamente.
– Com cuidado, leve a assadeira ao forno por cerca de 15 ou 20 minutos, dependendo de como gosta da gema. Quanto mais amarelo-clara e opaca ela fica, mais dura está.
– Sirva quente com pão tostado.

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Flávia Dorado disse:

    Adorei este post amiga!

  1. 24 de outubro de 2014

    […] 2. Tigelinha de ovos Um jeito diferente de comer ovos. Eu gosto de fazê-los para um café da manhã preguiçoso, tipo num domingo chuvoso, mas é também uma boa saída para aqueles dias de geladeira e ânimo vazios. […]

Comente!