Conversa de sacolão (e um hummus de manjericão)

Na banca de verduras, uma moça veio compartilhar sua indignação comigo.

– Credo, essas folhas estão feias demais. Antigamente tinha um verde tão vivo, agora fica essa coisa meio amarronzada, cor de meleca.

Tentando escolher alguns molhos de ervas e achando graça/nojinho da tal “cor de meleca”, respondi:
– Pois é, essas de hoje não estão boas, não.

E ela continuou:
– Pena que esse é o único sacolão aqui perto, senão eu comprava em outro.
– Vai ver é a safra, quem sabe na próxima elas estarão melhores.
– Engraçado que eu venho sempre aqui e nunca te vi. Você trabalha em qual casa?

Custei a entender a pergunta. Até que me bateu. A moça achou que eu era empregada doméstica. Porque naquele sacolão de um bairro rico de BH, são só elas quem fazem as compras…

***

Hummus de manjericão
Usando a erva para dar um sabor diferente à famosa pasta de grão de bico, esse hummus se torna perfumado e marcante. Ótimo para servir no pão, mas se for diluído em um pouco de água, também vira um bom molho para acompanhar carnes ou saladas. Com frango é uma delícia!

Receita levemente adaptada daqui, que a Flávia Pantoja também fez.

Ingredientes

– 150 gramas de grão de bico cru
– 1 xícara de chá de folhas de manjericão fresco
– 1/4  xícara de chá de azeite extra-virgem
– 50 gramas de castanha de caju
– Suco de um limão
– 1 dente de alho picado
– Sal e molho de pimenta (eu usei Tabasco) à gosto

Como faz

1. Para cozinhar o grão-de-bico, eu uso a panela de pressão: coloque o grão-de-bico na panela e cubra com água (deixe uns três dedos acima dos grãos). Tampe a panela, coloque em fogo alto e assim que apitar, diminua o fogo. Vá checando de 10 em 10 minutos. Ele está cozido quando começa a soltar a casquinha, cerca de 30 a 40 minutos depois. Escorra o grão-de-bico e espere esfriar um pouco. Tire a casquinha (dá trabalho, eu sei, mas a textura do hummus fica muito melhor sem ela). Como esse processo todo leva tempo, os costuma cozinhar uma quantidade grande de grão-de-bico, congelo em potinhos e vou usando nas preparações ao longo do mês, exatamente como fazemos com o feijão.

2. No processador, com a peça de lâmina, coloque o grão-de-bico, o manjericão, as castanhas, o alho e o suco de limão e processe até formar uma pasta bem lisa. Aqui levou uns 10 minutos e precisei ir desligando a máquina quando ela esquentava. Se o hummus estiver muito grosso, pingue um pouco de água aos poucos, com o processador ligado, até que chegue numa boa conscistência.

3. Nesse ponto, tempere com sal e algumas gotas do molho de pimenta.  Misture, prove para acertar o tempero e tranfira para potinhos de servir.

Você pode gostar...

Comente!