Salada de batatas e outras coisas que não entendo

Tanta coisa no mundo que eu não entendo.

Como pode existir gente que prefere legumes à chocolate, e não por conta do valor nutricional, mas porque acha mais gostoso mesmo?

Por que até hoje os centros das cidades estão cheios de calçadas com aquela bendita pedra portuguesa, que se quebra facilmente e deixa buracos no caminho, fazendo as pessoas tropeçarem, saltos agarrarem e deficientes físicos sofrerem para andar no passeio?

Que tipo de instinto animal faz as baratas correrem sempre para a nossa direção e não para o mais longe possível da gente?

O que um prato precisa ter para ser chamado de salada? Uma mistureba de coisas? Tem que ter folhas? E a tal salada de batatas, que nos restaurantes vem com batatas cozidas, maionese, temperos e só? É salada mesmo? Tá certo isso?

Por que os elevadores não tem uma linguagem padronizada? Eu nunca sei se a saída vai ser no T, ou no P (que em alguns é “pátio” e em outros “pilotis”) ou no 1 mesmo.

Quem realmente acredita em xampu que realça as camadas do cabelo e sabonete que combate flacidez?

***

Salada de batatas com gorgonzola
Eu nunca fui fã de salada de batatas, não só pela birra do nome, mas porque não gosto de maionese. Até o dia que provei essa: além de ter um molho muito saboroso (e sem maionese!), a combinação da maçã com o gorgonzola é perfeita.

Rendimento: 1 porção grande

Ingredientes

– 2 batatas grandes (eu usei batatas-bolinha, cerca de 6)
– 1 colher de sopa de azeite
– ½ maçã sem caroço
– Suco de ½ limão
– 1 fatia grossa de queijo gorgonzola
– Sal e pimenta do reino à gosto

Molho
– 1 colher de sopa de requeijão (usei o light)
– 2 colheres de sopa de iogurte natural (usei o desnatado)
– 1 colher de chá de mostarda (usei mostarda escura, mas pode ser a comum)

Para finalizar (opcional)
– Raspas de limão e laranja
– Folhinhas de alecrim

Como faz

1. Lave bem as batatas. Cozinhe-as em uma panela com água até que fiquem “al dente”: teste espetando um garfo em uma delas e sentindo como está a textura. Elas precisam estar cozidas, porém firmes. Escorra as batatas, descasque-as e parta em pedaços uniformes.

2. Numa vasilha pequena, misture os ingredientes para o molho.

3. Pique a maça em cubinhos e junte a ela o suco do limão (além do sabor, a função do limão é não deixar que os pedaços da maçã escureçam).

4. Regue as batatas com o azeite. Junte a maçã, o gorgonzola picado (ou esfarelado) e por último o molho. Misture delicadamente, prove para acertar o sal e adicione a pimenta-do-reino. Se quiser, finalize com as raspas e o alecrim.

5. Sirva na temperatura ambiente ou deixe na geladeira algumas horas se quiser um prato mais refrescante.

Você pode gostar...

8 Resultados

  1. Déa Lúcia disse:

    Ótimo, adoro salada e essa é leve e nutritiva. Dá pra entender? Pois é, pode me ensinar uma porção de coisas nutritivas, mas que é bom comer uma boa sobremesa depois dessa salada é necessário. Até ! ! ! !

  2. Mario C. disse:

    É só imaginar o texto na voz do Seinfeld.

  3. Mario C. disse:

    Esse post é tipo um roteiro de stand up comedy.

  4. Flávia Dorado disse:

    Nossa, demais! Eu amo tudo que é carboidrato… agora “salada” pode ser uma boa idéia amiga. Valeu!

  5. Mario C. disse:

    Com maça fica bom demais! Algumas levam cenoura também. Aí começa a parecer mais uma salada. hehe

Comente!