Dois amores e uma mousse

Com o chocolate foi fácil me apaixonar, ainda mais quando o vi derretido pela primeira vez. Uma mistura de cor marrom forte, espelhada, com o cheiro mais gostoso do mundo. Mas logo percebi a fragilidade da nossa relação: quando ia com muita sede ao pote, e tentava derreter o chocolate a uma temperatura muito alta, ele rapidamente perdia sua beleza e virarava uma gororoba meio dura e sem brilho. Havia um segredo; era preciso paciência.

Já o amor pela manteiga cresceu em mim aos poucos. Primeiro porque achava que margarina e manteiga eram a mesma coisa, e como em casa só tinha margarina, eu detestava o gosto. Descobri a diferença quando pedi para minha tia Maria Lúcia a receita de uma cobertura de bolo. Ela disse para bater manteiga com leite condensado, e lá fui eu… só que com a margarina.

A mistura não ficou homogênia, soltou água, ficou uma meleca. Quando liguei para minha tia frustrada porque a receita tinha dado errado, ela me perguntou: “você usou manteiga mesmo ou margarina?”; e eu respondi: “margarina, porque é tudo a mesma coisa!”. E não, não era: a quantidade de gordura na manteiga é muito maior que a da margarina e é isso que interfere na receita. A cobertura feita do jeito correto ficou incrivelmente saborosa e macia. Descobri então outro segredo: o respeito.

Acho que combinação manteiga e chocolate faz os melhores doces. E a junção de paciência e respeito as melhores relações.

***

Mousse de chocolate
Cremosidade e leveza é tudo que uma mousse precisa para ficar deliciosa, e essa tem as duas coisas. Procure usar uma boa manteiga e prestar atenção no ponto certo das claras. Não tenha medo de usar ovos crus na receita: é só comprar bons ovos, caipiras ou orgânicos. Além disso, ao misturar as gemas ao chocolate morno, ainda que as gemas não cozinhem, a tempertura será suficiente para matar bactérias nocivas.



Receita levemente adaptada daqui.
Rendimento: 6 porções bem servidas

Ingredientes

400 gramas de chocolate meio-amargo
2 colheres de sopa de café pronto*
120 gramas de manteiga sem sal a temperatura ambiente
8 ovos
2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro

Como faz

1. Pique o chocolate numa vasilha, junte o café e faça um banho-maria com a mistura: coloque a tigela em cima de uma panela com água e, sem deixar que o fundo da vasilha toque a água, ligue o fogo baixo. Vá mexendo com uma espátula até que o chocolate esteja quase completamente derretido, restando apenas pequenos pedaços. Nesse ponto, tire a vasilha do fogo e continue mexendo até que o chocolate derreta totalmente.

2. Pique a manteiga e junte ao chocolate, misturando até que esteja tudo homogênio (a calor do chocolate irá ajudar a derreter a manteiga).

3. Quebre os ovos, colocando as claras na vasilha da batedeira e as gemas em outro recipente. Adicione um pouco do chocolate às gemas: é isso que vai temperá-las, impedindo que cozinhem de uma vez ao adicionadas ao chocolate morno. Adicione essas gemas que foram temperadas ao restante do chocolate e misture até chegar em um creme uniforme.

4. Agora as claras: para batê-las em neve, não podem estar com nenhum vestígio de gema ou outro líquido. A vasilha deve estar bem seca. Comece batendo na velocidade baixa e só aumente quando começar a espumar. Junte então o açúcar e continue batendo. Quando elas começarem a firmar, faça o teste do ponto: levante a pá da batedeira ou mergulhe um fouet na mistura e veja se a clara forma um “bico” na ponta, sem cair. Chegando nesse ponto, páre de bater.

5. Misture rapidamente um terço das claras à mistura de chocolate. O restante, incorpore delicadamente, tomando cuidado para não perder o volume proporcionado pelo ar das cladas.

6. Distribua a musse em potinhos ou numa vasilha, cubra com filme plástico e leve a geladeira por no mínimo 6 horas antes de servir.

* O café pode ser substituído por água ou algum licor.

Você pode gostar...

9 Resultados

  1. Gabriela Ribeiro disse:

    Ei Marina! Deixa eu te perguntar uma coisa meio boba, rs. Gosto de chocolate mais amargo. Essa proporções funcionam com chocolate com 70% de cacau?

    • marinamaria disse:

      Não é pergunta boba, não, Gabi! Faz todo sentido. A quantidade de açúcar nas receitas é calculada de acordo com o percentual de cacau do chocolate. Quanto mais amargo o chocolate, mais açúcar precisa pra equilibrar. Outra questão é que o chocolate mais amargo tem menos gordura, então teria que aumentar a manteiga também. Como não sei fazer esse cálculo, acho melhor não arriscar com as mesmas proporções. Mas te garanto uma coisa: eu uso o de 53% e a mousse fica bem pouco doce. Quem sabe experimentar com o 60%, que é o meio do caminho? Depois me conta como ficou! =)

    • marinamaria disse:

      Não é pergunta boba, não, Gabi! Faz todo sentido. A quantidade de açúcar nas receitas é calculada de acordo com o percentual de cacau do chocolate. Quanto mais amargo o chocolate, mais açúcar precisa pra equilibrar. Outra questão é que o chocolate mais amargo tem menos gordura, então teria que aumentar a manteiga também. Como não sei fazer esse cálculo, acho melhor não arriscar com as mesmas proporções. Mas te garanto uma coisa: eu uso o de 53% e a mousse fica bem pouco doce. Quem sabe experimentar com o 60%, que é o meio do caminho? Depois me conta como ficou! =)

      • Gabriela Ribeiro disse:

        Então, sou teimosa, haha! Segui as suas dicas e aumentei um pouco da manteiga e do açúcar. Fiz meia receita, aí pra 200g de chocolate, usei 90g de manteiga e 2 colheres de açúcar. Coloquei uma das colheres na mistura de chocolate e manteiga pq fiquei com medo de desandar as claras em neve, mas não sei se faria diferença. Ficou excelente pro meu paladar! Só que não achei necessário 90g de manteiga, acho que com 80g já ficaria perfeito. Pra quem gosta de sobremesas bem chocolatudas, acho ótimo, mas pra quem gosta das mais docinhas melhor seguir sua receita à risca.

        E outra coisa, fiz sua receita de truta com manteiga de nozes, mas com salmão, pq não achei truta, rs. E jesusmariajosé! Marina, não sei como vivi até hoje sem essa manteiga, hahaha! Perfeita!

        • marinamaria disse:

          Oi Gabriela! Adorei que você conseguiu adaptar a receita! Temos que ter coragem na cozinha pra experimentar mesmo. Ah, e a manteiga de nozes é maravilhosa, né? Tenho certeza que fica uma delícia com o salmão também mesmo. Um beijão!

  2. Déa Lúcia disse:

    Quando experimentei o mouse pensei que ele era do outro mundo, e olha eu não sou fã de chocolate. As fotos também estão lindas. bjos

  3. Mario C. disse:

    Passo mal com essa mousse (de tanto comer).

  4. Lylia disse:

    Oi Marina,
    Vim retribuir sua carinhosa visita ao Simples Assim e me deparei com essa deliciosa receita de mousse.Vou experimentar.
    Já me tornei fã do seu blog e não tive como não linka-lo ao meu.
    Vamos nos visitando por essa incrível blogosfera.
    Bj,
    Lylia

Comente!